“A vida começa no final da sua zona de conforto” – Neale Walsch

O grande problema de estar na zona de conforto é justamente…o conforto! Você acha que é confortável alcançar o sucesso? Evoluir, melhorar? Que não vai doer, que vai ser fácil? É claro que não. Aqueles dispostos a ir mais longe, a ir atrás do “impossível”, a fazer o que ninguém está disposto a fazer, são os que alcançam o maior sucesso. Se você quer se tornar um campeão, precisa fazer mais do que os outros.

O engraçado é que de certa forma, todo mundo sabe o que precisa fazer para conquistar seu objetivo. Colocar em ação é o grande problema. Afinal, estar na zona de conforto é seguro, é fácil, dá tranquilidade. Você está acostumado com aquilo. Para mudar, você vai precisar se “aventurar” em algo novo, em algo que você nunca esteve disposto a fazer até então. E isso é doloroso, muitas vezes sofrido. Dá medo.

ryan7

Mas você tem que tomar uma decisão. E tomar uma decisão, diferente do que muitos pensam, não é dizer o que GOSTARIA de fazer. É algo que você QUER e VAI fazer. Significa se comprometer em atingir um resultado, e cortar qualquer outra possibilidade da sua frente. Quando você realmente tomar uma decisão, terá um objetivo claro e incontestável. E este tipo de clareza te dará o poder que você precisará para ir atrás de sua grandeza. O que você prefere, ficar tranquilo onde está, com seu resultado atual, ou passar por um caminho mais difícil, mas que te trará maiores realizações? Pense, sempre vale a pena ir atrás dos seus objetivos e sonhos. A frustração por nunca ter tentando, por ter desistido, vai ficar com você para sempre.

Tente se lembrar da última vez que você se surpreendeu em um treino. Você aguentou um intervalo que nunca tinha conseguido antes. Melhorou seu tempo em um tiro. Nadou perto do seu melhor tempo saindo de baixo. Estes momentos são muito bons, não são? Você fica pensando durante dias sobre o que fez, desejando que aquele sentimento nunca acabe. Não existe razão para você não conseguir ter este sentimento mais frequentemente vezes.

Todo dia vá para a piscina e faça algo que você nunca fez antes. Viva no “precipício do desconhecido” (profundo hein? Daria um bom nome de filme), e ouse a alcançar algo bom todos os dias.

zona_conforto

 

Aqui seguem 5 dicas para te ajudar a te tirar da zona de conforto:

a level french essay writing enter site bad points viagra essays on hard work http://jeromechamber.com/event/essay-writing-service-dubai/23/ viagra redwood falls https://haloworldwide.org/research/friar-laurence-essay/8/ see levitra daily here get link buy research papers reviews http://hyperbaricnurses.org/12458-viagra-in-stores/ problems to write an essay about viagra taking effect literature review writing help help me write professional custom essay on hillary clinton https://academicminute.org/paraphrasing/creative-writing-course-uk-online/3/ https://tffa.org/businessplan/essay-on-my-best-friend-pdf/70/ umi number business term papers cosmetology research paper https://www.newburghministry.org/spring/physics-research-paper-topics/20/ viagra for acute mountain sickness genuine generic viagra go to site thesis design projects propecia lawsuit pdf admission essay medical school http://jeromechamber.com/event/presenting-presentations/23/ go site introduction of a dissertation #1 DESAFIOS FEITOS POR VOCÊ MESMO SÃO OS MELHORES

Claro que é gratificante alcançar os objetivos que outras pessoas tenham para você (seu técnico, família, time, etc), mas quando você se coloca um desafio e o vence, a satisfação é ainda melhor. Identifique os pensamentos que estão te limitando, que estão te segurando e não te deixam evoluir. Esses pensamentos precisam ser eliminados. Crie pequenos desafios baseados neles, para justamente enfrentá-los.

#2 MUDE SEU AMBIENTE

 A nossa zona de conforto é familiar e segura. Estamos acostumados com as pessoas a nossa volta, os nossos hábitos e atitudes. Então, procure amigos e nadadores do seu time que dividam o desejo de alcançar a excelência, seja ela o que for. Procure por influências positivas. Melhore seus hábitos. Ter um time acomodado não vai te ajudar em nada.

#3 ENCARE SEUS MEDOS EM ETAPAS

É comum nos vermos estacionados na nossa zona de conforto porque o que nos aguarda lá fora nos deixa ansiosos e receosos. Então, como citei no item 1, identifique o que está te segurando e monte um plano para vencer seu medo, mas aos poucos. Você não precisa ir com tudo de uma vez. Monte seu plano em etapas, sendo que cada uma deverá de deixar um pouco mais próximo de vencer seu medo. A cada conquista, você ficará mais confiante e pronto para resolver seus medos.

#4 NÃO VAI DOER TANTO QUANTO VOCÊ IMAGINA

Temos a tendência de inventar coisas nas nossas cabeças. Só de pensar naquela série difícil, naquela semana de treinos infernais que teremos já ficamos pensando no quão difícil vai ser. Mas você passou por tudo isso no final das contas, não? E depois fica pensando “por que me torturei tanto por antecipação?”. Você está bem. Você sobreviveu.

Sempre que sentir essa resistência, pense nos momentos que você se preocupou a ponto de ficar imóvel, mas teve que ir para cima de qualquer jeito, e no final se viu relativamente bem. Tenha fé no fato de que você é mais durão do que você acha.

#5 ESTEJA DISPOSTO A CRESCER

Qualquer tipo de melhora é consequência de testarmos nossos limites. E isso é desconfortável para a maioria de nós por causa do risco que iremos correr. E se não conseguir? E se eu não for bom o suficiente? E se eu falhar?

Não feche a porta de uma oportunidade de melhorar porque você acha que existe uma chance de falhar. Esteja disposto a ir mais longe. E levar suas habilidades e seus talentos para outro patamar. Justamente no nosso limite do desconforto que a nossa excelência está a espera. Cabe a você ir lá buscá-la.

Eu por exemplo, não tive muita escolha. Tinha um objetivo, e para alcançá-lo, tive que fazer uma rotina pesada. Com um emprego que consumia 8hr diárias, mais a pós graduação. Para alcançar meu objetivo, além do treino na piscina, precisava ganhar massa magra e arrumar minha coluna. Então tive que montar um rotina VIDA LOKA.

Primeiro, tinha que acordar às 5:30hr da manhã todos os dias para fazer 2hrs de preparo físico antes de ir trabalhar. E ODEIO DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO ACORDAR CEDO. E 5:30hr não é nem cedo, ainda é tarde do dia anterior!! Bom, ai trabalhava até o fim do dia, saia, ia para o pilates. E depois a noite ia treinar na piscina. Tudo isso com a pós graduação rolando, crise na economia ferrando com meu cliente… Saia todo dia com um monte de lanches, garrafinhas … era legal? não. Eu gostava? não!!! Mas quando você toma uma decisão, você faz.

E vale muito a pena.

Gostou desse post? Siga o Raia Oito no Facebook e acompanhe todas as novidades!

Fonte de inspiração: https://swimswam.com/5-ways-swim-comfort-zone/