Durante o verão, doenças que afetam a pele como micose e frieira acontecem com mais frequência. Uma combinação de umidade constante, falta de políticas de exame médico e cada vez mais pessoas frequentando as piscinas e vestiários, contribuem para a proliferação dessas doenças.

Uma curiosidade é que micose e frieira (também conhecida como pé de atleta) são basicamente a mesma coisa. A única diferença é que a frieira é uma micose localizada entre os dedos do pé. Ambas são causadas por fungos que precisam de ambientes úmidos e quentes como Manaus, mas preferem sua virilha ou aquele espacinho entre seus dedos do pé.

Veja algumas dicas simples pra não se coçar nesse verão:

  1. Se seque bem
    Use uma toalha bem seca e procure secar bem axilas, virilha e entre os dedos do pé, os lugares preferidos desses fungos.
  2. Use um talco
    Sim, um talco antisséptico evita o chulé e também a frieira e micose. O talco ajuda a “secar” os lugares que você não secou direito com a toalha.
  3. Use sempre chinelos
    Eles blindam seus pés (“seus pés seus queridos pés que te aguentam o dia inteirooo”) do chão dos vestiários, um lugar bem comum de contaminação de fungos. Além disso, eles deixam o seu pé secar e evitam o acúmulo de umidade.
  4. Seque bem seu traje de banho
    Após o treino, pendure e seque bem sua sunga ou maiô pra evitar que os fungos proliferem por lá também.
  5. Olha lá onde você nada
    Prefira piscinas públicas ou de clube que possuam exame médico obrigatório. Isso garante que você está frequentando um ambiente com risco menor de contágio.
  6. Dica bônus
    Em hipótese alguma faça uma busca no Google imagens com os termos “frieira e micose”. Sério, haha você não vai perder nada.

Importante, se você não leu as dicas e já está com aquela coceira, a melhor coisa a fazer é procurar um dermatologista que pode te ajudar a escolher o tratamento mais adequado!

Se quiser mais dicas de como aproveitar bem o verão dê uma olhada também nesse post sobre treino em piscinas abertas.

Leia também:  As quatro piores coisas que podem acontecer com uma nadadora no vestiário