Passei minha juventude inteira treinando com mais 6 nadadores na mesma raia, então posso dizer que tenho uma boa experiência no assunto. É braçada na cabeça, pernadas na cara, braços que se batem no ar, palmarzada na mão, viradas na barriga … que beleza! É mais fácil sair sem se machucar de uma luta de MMA do que de um treino de natação lotado e caótico. E convenhamos, você está lá para treinar. Precisar se preocupar em gerenciar o estresse entre seus colegas de raia não é a melhor forma de gastar sua energia.

Mas nem tudo está perdido. É possível sim, treinar como se estivesse nadando na praia de Copacabana em Janeiro e ainda assim, ter organização e qualidade no treino. Mas para isso, é preciso que todos na sua raia sigam algumas regrinhas que preparamos aqui:

RODE DA FORMA CERTA

Acredito que se você já treina com pelo menos mais dois nadadores na mesma raia, sabe bem que a ida é pelo lado direito da raia, e a volta pelo lado esquerdo. Dessa forma, ninguém bate um no outro. É como se fosse uma rua de mão dupla. Essa é a premissa básica. O meio da raia deverá sempre estar livre para ultrapassagens.

ida.volta

Ida pelo lado direito da raia. Volta pelo lado esquerdo.

NADADORES DO MESMO NÍVEL NADAM JUNTOS

É muito importante que não existam grandes disparidades entre o nível dos atletas em uma mesma raia, principalmente em séries mais longas. Tente nadar com nadadores com nível mais próximo ao seu, assim a quantidade de ultrapassagens ao longo do treino diminui. Se você é constantemente ultrapassado por seus colegas, vai acabar prejudicando o treino deles,  assim como o seu.

 

NADADORES DE UM MESMO ESTILO NADAM JUNTOS

Em séries de estilo, procure nadar junto com quem nada o mesmo estilo que você. As diferentes velocidades entre os estilos pode complicar muito o treino, principalmente se tiverem nadadores de peito e costas em uma mesma raia. Ultrapassar nadadores de peito é complicado por conta da pernada, ainda mais se você estiver nadando costas. Se for uma série de curta metragem, priorize a ordem dos nadadores de acordo com a velocidade de cada um, ou seja, o mais rápido vai na frente e assim por diante.

 

FAÇA A VIRADA NO CENTRO DA RAIA

Faça todas as suas viradas no meio da borda (no T desenhado na parede). Se você estiver parado na borda fazendo seu intervalo, sempre fique no canto da raia e deixe o centro liberado. Dessa forma, você evita dar uma voadora dupla na barriga do amiguinho. Agora, por favor, não seja aquele nadador que para toda hora, que não dá viradas olímpicas… esses hábitos além de não serem bons para sua evolução, atrapalham os outros. Só pare para cumprir os intervalos de descanso estabelecidos pelo seu técnico.

virada

Faça a virada sempre no centro da raia (no “T” marcado na parede)

FAÇA SUA CHEGADA NO CENTRO DA RAIA E ABRA ESPAÇO

Assim como a virada, a chegada também deve ser feita no centro na piscina. Se você foi o primeiro a chegar da série, fique nas laterais da raia e deixe sempre o centro livre para os próximos nadadores chegarem. Não estrague a chegada do seu colega fazendo ele parar uma braçada antes para não bater em você.

chegada

Faça a chegada e abra espaço para seus colegas.

ULTRAPASSE COMO O SENNA

Principalmente em séries mais longas, as ultrapassagens são mais recorrentes e o processo precisa ser feito da melhor forma possível para não atrapalhar o treino de ninguém. Não queremos que ninguém pare durante a série para deixar o outro passar.

Aqui vai um bom truque: quando estiver prestes a ultrapassar alguém, encoste no seu pé e siga para o centro da raia para ultrapassar. Este será o aviso para que o nadador que está sendo ultrapassado se mantenha nadando na mesma trajetória até ser ultrapassado. Se a ultrapassagem não tiver sido concluída até a chegada na borda, somente neste momento, o ultrapassado deverá virar no canto (mantendo sua trajetória), deixando o centro da borda livre para quem estiver ultrapassando. Se o ultrapassado for para o centro, saindo da sua trajetória, ou vai bater em quem ultrapassa ou vai jogá-lo na contra mão.

E por favor, não seja aquele nadador mané que resolve acelerar quando está sendo ultrapassado. Isso além de atrapalhar, é um péssimo hábito.  Faça o ritmo correto desde o início da série. Se te incomoda ser ultrapassado, ótimo, continue treinando forte até conseguir acompanhar os outros.

ultrapassagem

Vá para o centro da raia para fazer a ultrapassagem e depois volte para o lado correto.

 

NÃO “PEGUE O VÁCUO” DO SEU COLEGA

Outro péssimo habito de alguns nadadores é aproveitar o “vácuo” formado por quem está na frente. Ele sai mais forte nos primeiros 25 metros para encostar no nadador que saiu antes e assim, aproveitar seu “vácuo”. Essa atitude me irrita profundamente. Nadar não é uma corrida de carro, ficar colado no nadador da frente atrapalha. Se você chegou em mim, então me passa de uma vez e continue seu treino. Na próxima série, saia na frente. Aproveitar o vácuo formado pelo nadador da frente é um hábito que precisa ser excluído do seu treino o quanto antes. Natação não é ciclismo, você não vai ter ninguém na sua frente na hora da competição para te dar vantagem e facilitar sua vida. Aliás, minto, atitudes como essa que irão fazer com que você tenha muitos nadadores na sua frente na hora da competição, mas nas raias do lado.

Gostou desse post? Siga o Raia Oito no Facebook e acompanhe todas as novidades!