Saiu um post no mínimo cômico na Swimming Word Magazine com as “desculpas” mais engraçadas/esfarrapadas para não treinar que 10 técnicos universitários americanos já escutaram de seus atletas.

E, é claro, que não foram incluídas as clássicas “estou doente”, “estou com dor sei la onde”, ou, a pior de todas: “meu despertador não tocou”. Afinal de contas… o despertador escolhe quando quer tocar, não é?

Vamos então as bizarrices ditas pela molecada lá dos Estados Unidos:

#1. “Tive um atleta que era muito envolvido com astrologia, e ele me disse que não poderia ir treinar porque seu horóscopo previu que ele sofreria um acidente. Ele sumiu por 3 dias até que o ‘perigo’ tivesse passado.”

–Woody Woodard, Head Coach, Colorado State University

 

#2.”Tive um calouro que me mandou uma mensagem dizendo que não faria a pré-temporada conosco porque ele tinha feito uma tatuagem e ‘tinha dado ruim’.”

Eileen Hall, Head Coach, Saint Michael’s College

 

#3.“Uma nadadora me deixou uma mensagem de voz às 4:15h da manhã dizendo que a companhia aérea ligou para  ela dizendo que seu voo seria antecipado em 2 horas, o que significava que ela não poderia ir para o último treino antes das férias.”

Brad Burnham, Head Coach, Bowdoin College

 

#4.“Um atleta ano passado simplesmente olhou para nós e disse “não fui treinar porque estava com meus amigos”.

Jason Hite, Head Coach, University of Indianapolis

 

#5.“Tive um atleta de outro país que me disse que perdeu o treino porque teve pesadelos a noite”.

John Brooks, Head Coach, Brigham Young University

 

#6. “Técnico: Você treinou no feriado?”

Nadador: “Não”.

Técnico: “Por que não?”

Nadador: “Estava muito frio.”

Técnico: “Frio quanto?”

Nadador: “Eu não sei, acho que estava menos 60 graus. Eu não saí de casa.”

Leslie Shevlin, Head Coach, Willamette University

 

#7. “Desculpe, não deu para ir treinar. Tive que terminar com a minha namorada pelo Skype”.

Heidi Voigt, Head Coach, Northern Michigan University

 

#8. “Um atleta meu veio até a piscina e só então ‘percebeu’ que estava sem sunga e sem todo seu material de treino, então voltou para seu dormitório para buscar. Chegando lá, o dormitório estava trancado, então ele não veio treinar”

Richard Sybesma, Head Coach, Texas Christian University

 

#9. “Tive um nadador que me disse que não veio treinar porque ficou acordado a noite toda estudando. Era um sábado.”

Gerry Cournoyer, Head Coach, University of Vermont

 

#10.”Tive um nadador, que no meio do inverno, destruiu sua bicicleta indo para o treino de manhã porque a rua estava muito escorregadia. Quando perguntei porque diabos ele foi andar de bicicleta na neve, ele admitiu que estava torcendo para cair e quebrar a bicicleta, assim não poderia ir treinar.”

Jon Carlson, Head Coach, Gustavus Adolphus College

 

E você? Já deu ou ouviu alguma desculpa absurda? Conte para gente!

 

Gostou desse post? Siga o Raia Oito no Facebook e acompanhe todas as novidades!