Imagine se você pudesse fazer uma espécie de exame no seu nado para poder saber o que é preciso melhorar. É isso que a biomecânica faz. Essa ciência busca ajudar os atletas por meio do estudo das forças envolvidas no movimento e como elas têm efeito nos seres vivos. A análise também permite contribuir na melhora da técnica de nado, no desenvolvimento de tecnologias dos trajes e na prevenção de lesões.

 

O biomecânico Augusto Barbosa, da Meazure, empresa que faz as análises de César Cielo e do paralímpico Daniel Dias, explica que a tecnologia permite que se faça um diagnóstico, como se faz um raio-x de um braço quebrado para levar para um médico examinar. “É basicamente o que a gente faz”, explica ele. “A gente consegue fazer os educativos com os atletas e propor soluções, mas quem está no dia a dia ali é o técnico, então esse trabalho com ele é fundamental”, completa.

cover letter for a research paper watch cialis und ibuprofen follow site crestor diabetes risk research proposal on abortion essay help in hampton roads va http://mechajournal.com/alumni/chicago-live-homework-help/12/ what app does your math homework for you https://academicminute.org/paraphrasing/an-essay-on-the-theme-how-to-become-a-successful-foreign-language-teacher/3/ essay in english raksha bandhan cialis north vacherie 95 de les luther thesis https://pharmacy.chsu.edu/pages/cuny-nobel-prize-essay/45/ levitra generika ohne rezept order medrol dose pack do my business curriculum vitae https://samponline.org/blacklives/phd-thesis-how-to-write-acknowledgements/27/ http://snowdropfoundation.org/papers/dissertation-services/12/ sample speaking topics for toefl ibt with answers https://reprosource.com/hospital/rayrx-online-drugstore/72/ oedipus rex tragedy essay what is viagra gold research paper author order crestor support program follow https://zacharyelementary.org/presentation/what-makes-a-good-academic-writer/30/ buy cialis in london creative writing major reddit click here source site essay robert rules of order Como são feitos os testes?

Na natação, os testes são feitos de três formas diferentes. Na primeira delas, o atleta nada atado a uma plataforma fixa com um sensor capaz de medir a força gerada pelo nado. Os resultados são acompanhados em tempo real num computador.

Outra avaliação é feita de forma que o atleta se desloca com um cinto preso a uma linha com um carretel que tem um sensor, permitindo que se saiba a velocidade atingida pelo nadador. Ao mesmo tempo, uma câmera subaquática grava os movimentos. Quando o sensor registra uma queda na velocidade, é possível olhar no vídeo o que gerou essa desaceleração. Pelas imagens, também é possível observar as deficiências na técnica de nado.

Além disso, existe uma análise feita em competição, em que a prova é filmada de fora d’água e as distâncias são fatiadas para se medir a velocidade em cada trecho. Assim, é possível ver exatamente em que pontos do percurso o atleta ganha e perde no desempenho.

Quem usa a biomecânica?

Países com forte tradição na natação têm o costume de realizar avaliações biomecânicas. É o caso da Austrália e do Japão. Um grande nome que fazia esses testes era Michael Phelps. Parece que foi uma boa ajuda para o nadador, não é mesmo?

E você, já pensou em como seria descobrir a força e a velocidade do seu nado?