O texto de hoje, originalmente traduzido do site norte-americano  Swim Swam, traz uma reflexão provocativa.  Você já se fez esta pergunta? Para o que você treina? Para ser campeão ou para não perder uma prova?

Afinal, quando um atleta está treinando para vencer ele geralmente está focado em encontrar soluções para atingir excelência; estão dispostos a estabelecer metas mais difíceis e sempre planejam atingir o melhor desempenho, sem nunca pensar em um plano B.

Já aqueles que nadam para não perder, não se concentram em seu próprio treino, preocupando-se apenas com que os outros estão fazendo; reúne pensamentos negativos, sempre encontrando soluções e desculpas antes mesmo de perder uma prova e acreditam que objetivos mais desafiadores são realmente difíceis de alcançar, preferindo manter determinada posição já estabelecida.

Uma pesquisa realizada entre jogadores de futebol profissionais mostrou que existe uma clara diferença entre o desempenho de atletas que competem para ganhar e aqueles que jogam para não perder.

Em 30 anos acompanhando jogadores em Copas do Mundo e campeonatos europeus, os pesquisadores descobriram que um time quando tinha que vencer uma partida para não ser eliminado, atingia uma performance 30% maior do que aqueles que apenas tinham que jogar por um empate.

Veja quatro dicas para desenvolver a atitude de um atleta que nada para ganhar:

#1 Termine o que você começou

Você é do tipo de nadador que só se doa 80% em um treino? Ou não realiza todas as séries da planilha? Mude esta atitude para ter maiores resultados.

#2 Concentre-se em você mesmo

Defina objetivos para você que não dependem das performances dos outros. Seu treinamento e preparação não deve ser influenciado a partir do resultado dos outros.

#3 Sonhe grande

Estabeleça metas e objetivos de treino que exijam desafios.

#4 Bloqueie pensamentos negativos

Pensar negativamente alimenta emoções negativas, o que aumenta a chance de um desempenho pior dentro da água.

Fonte: Texto original