Em algum momento de nossas trajetórias na natação, todos experimentamos o sentimento de querer abandoar o esporte que amamos de uma vez. Seja por cansaço, lesão ou apenas excesso de rotina, o desgaste existe e muitos atletas acabam por desistir. O site norte-americano “Your Swim Log” dá algumas dicas de como evitar o estresse durante o treinamento.

Um estudo realizado pela Universidade do Colorado, nos Estados Unidos, e publicado no Journal of Sport & Exercise Psychology, em 1997, analisou um grupo de 236 nadadores de algo nível no estado norte-americano de Oregon.

A pesquisa tentou descobrir se o desgaste era causado por estresse do dia a dia, ou pelo compromisso e cobrança do nadador com os resultados do esporte. Com isso, o documento comprovou que a natação, ainda mais sendo ela competitiva, é ‘caracterizada por extensas demandas psicológicas e físicas’, que são pensadas para tornar o desgaste dos atletas ainda mais comum.

Os nadadores que tiveram a maior quantidade de desgaste físico:

Exibiram níveis mais altos de dependência com o esporte;
Apresentaram baixos resultados em competições, apesar de muito treinamento;
Estavam praticando o esporte por obrigações com a equipe, família ou técnico;
Exaustão física e emocional;
Sentiam que outras atividades eram mais atraentes do que a natação;
Investiam pouco tempo e energia na natação.

E como evitar o desgaste?

bathtubs cialis https://scfcs.scf.edu/review/steps-to-writing-an-essay/22/ homework help battle of hastings go to site daily cialis without prescription proper heading for essay http://hyperbaricnurses.org/894-buying-herbal-viagra/ photography institute assignment 5 help computer homework help critical shakespeare essays go here how to write references for a paper buy cheap essay online http://bookclubofwashington.org/books/buy-papers-online-cheap/14/ writing a personal narrative essay my assignments https://nebraskaortho.com/docmed/viagra-handelsnamen/73/ viagra portage creek see source site essay editing checklist http://www.safeembrace.org/mdrx/comprare-cialis-originale/68/ http://snowdropfoundation.org/papers/write-me-criminal-law-book-review/12/ http://mcorchestra.org/3794-how-to-write-conclusion-for-essay/ research papers for sale online https://harvestinghappiness.com/drug/can-exercise-while-taking-viagra/66/ homework help online go.hrw.com essay on price hike in petrol groundhog writing paper watch how to start an essay examples viagra citalopram #1 Concentre-se em fazer as coisas um pouco melhor

O compromisso com o esporte é chato quando você o analisa na íntegra. Longa temporada, dobras de treino, feriados com treinamento e assim por diante. Desgaste é comum nestas situações e é muito justificável quando o humor de um nadador com o esporte muda e o interesse diminui.

Para que isso não aconteça e chegue no limite máximo de esgotamento, concentre-se em fazer da sua rotina de treinamento algo positivo. Encontre motivos para melhorar todos os dias.

#2 Se motive

Um dos principais motivos para o desgaste físico é o senso da obrigação: o atleta sente que está treinando para outra pessoa ou porque necessita. Quando a recompensa para um atleta é quase exclusivamente extrínseca, inevitavelmente existe a desmotivação e o mau desempenho de resultados.

Encontre motivações pessoais para seguir com o esporte.

# 3 Foco

O desgaste físico é pequeno quando o nadador cria um foco. Embora seja inevitável que alguns atletas abandonem o esporte devido a outros interesses é possível não se desanimar com o esporte criando um foco de treino e resultados alcançáveis.

Um nadador com foco em melhoria e intrinsecamente motivado quase nunca passará por um desgaste físico.

Gostou desse post? Siga o Raia Oito no Facebook e acompanhe todas as novidades!

Link para o texto original.