A natação é um esporte que requer uma coordenação e percepção de movimentos muito aguçada dos atletas. Qualquer mínimo detalhe, desde a posição da mão na entrada na água até o dedão do pé, pode ser a diferença entre o pódio e o quarto lugar.

Paralelos aos treinos “tradicionais” dentro da água, existem outras atividades que auxiliam na evolução e desempenho dos atletas como musculação, yoga, exercícios funcionais e terapias. Porém, existe uma prática não tão conhecida pelos nadadores, a Multinatação.

 

WhatsApp Image 2018-03-02 at 18.48.42

Ednaldo H. Miranda Jr., “Manno”, realizando um curso de Multinação na Academia Body Tech – Shopping Morumbi, SP (17/02/2018)

Para entender um pouco mais sobre esse assunto entrevistamos nada mais, nada menos, que o criador da metodologia Multinatação, o técnico, educador e palestrante, Ednaldo Herculano Miranda Jr. Manno, como é conhecido, teve passagem por diversos clubes brasileiros, desde as categorias de base até o profissional e paralímpico. Atuou na seleção brasileira de surdos, foi  auxiliar da seleção brasileira absoluta comandada pelo Prof. Alberto Klar, e fez parte da trajetória de grandes atletas como Gustavo Borges, Fabiana Sugimori, e o triatleta Leandro Macedo.

A descoberta da Multinatação se deu em 1992. Foi nas piscinas do clube Espéria onde ele começou a testar exercícios diferentes com nadadores de diversas idades. Após anos de estudos e experimentos, Manno decidiu padronizar a atividade que hoje é uma forte aliada nos treinamentos de alta performance.

Raia Oito: O que é a Multinatação?
Ednaldo Miranda Jr.:  É uma atividade aquática polifuncional, uma teoria que se compõe de numerosos exercícios que eu denomino como “Multinados”. A atividade é realizada em ritmo lento, através de baixíssimas metragens, valorizando aspectos como coordenação neuromotora, precisão, equilíbrio e sensibilidade proprioceptiva.

RO: Qual é a finalidade da Multinatação?
EM: Melhorar a sensibilidade, a precisão de movimentos. Todavia existem diferentes níveis de utilização. Quando treino um nadador de competição, utilizando prioritariamente a Multinatação, busco também alcançar patamares aeróbios e anaeróbios diferenciados. Ao trabalhar com uma gestante, a questão é eminentemente ergonômica. Ao trabalhar com um cardiopata a prioridade é fisiológica, com um deficiente, buco explorar seu limites gestuais, e assim por diante. Por possuir um vasto cardápio de Multinados, pode-se adequá-los para vários fins.

RO: Qual é a diferença entre educativos, palmateios e a Multinação?
EM: Ensina-se uma pessoa a realizar uma tarefa motora através de educativos. Já os exercícios corretivos “corrigem” o que não está correto. Ações de palmateio são excelentes para estimular pressorcepção (a habilidade de sentir as diferenças de pressão na pele) nas mãos e braços. Na Multinatação, o fator diferencial é que, através dos Multinados, educa-se, corrige-se e o corpo se sensifica.

RO: Como a Multinatação auxilia atletas que estão iniciando no esporte?
EM: Dando-lhes maior vivência  corporal. Proporcionando um conhecimento aprofundado de densidades e ângulos. Da relação invertida que a água nos oferece, experimentando a lei de ação  e reação, desequilibrando membros isolados, invertendo ações segmentares e oferecendo outras vertentes de compreensão sobre sua movimentação geral. No geral, os praticantes de Multinatação (que eu denomino como “Multinadadores”), tornam-se paulatinamente, mais lúcidos, menos estabanados e robóticos na água.

RO: Essa atividade pode ser usada por atletas que nadam provas de águas abertas?
EM: Assim como atletas de natação equipada, surfistas, nadadores de piscina e praticantes de natação sincronizada, os praticantes  de águas abertas necessitam de trabalho de manobrabilidade corporal, noção espaço-temporal, coordenação motora e equilíbrio de ações para evitar desgastes desnecessários. A Multinatação pode atuar como um importante instrumento do treinamento diário desta classe de atletas

WhatsApp Image 2018-03-02 at 18.50.23

Curso de Multinatação no SESC Consolação – SP (07 e 08/02/2018).

RO:  Qual é a importância da Multinatação para a natação em geral?
EM: A natação é um ícone esportivo que existe desde tempos imemoriais. Está em nossa cultura formativa enquanto seres  humanos. Porém, se não nos atentarmos, ela pode se tornar uma atividade monótona, repetitiva, e a famosa frase que diz “natação é contar azulejos”, pode se tornar um forte fator de desmotivação de alunos, independente da faixa etária. A Multinatação, além dos benefícios citados para educar o corpo de nadadores amadores e melhorar o posicionamento de atletas de alta performance, estimula o desenvolvimento de várias aptidões, sendo um elemento de criatividade altamente relevante para aulas e treinamentos diários em clubes e academias de natação.

O trabalho de Manno não se limita a natação de alto rendimento. O técnico já criou diversos projetos sociais para comunidades carentes com o intuito de educar, instruir e proporcionar uma melhor qualidade de vida para crianças que vivem em lares fragmentados e possuem dificuldades financeiras extremas.

Seu próximo projeto, “Nadando nos Sonhos”, será realizado na cidade de Serra, no Espírito Santo. Voltado para meninas entre 8 e 18 anos, o programa é uma iniciativa da Associação de Intervenção Familiar do Espírito Santo (INTERFAMI), e disponibilizará um staff multidisciplinar com técnicos, equipe médica, nutricionista, psicólogos e professores. De acordo com Manno, a meta é revelar nadadoras.

Se você tem interesse em desenvolver essa atividade no seu clube e ou academia, entre em contato com o Manno através do e-mail: multinatacao.manno@gmail.com

Leia também:  Manual de etiqueta para aquecimento de competição