Se alguma vez você precisou voltar aos treinos algum tempo depois que seus colegas, já sabe como é se sentir bem para trás em relação a aguentar todas aquelas séries exaustivas que eles pareciam fazer com facilidade. Infelizmente, não é possível acelerar a velocidade com que você se adapta de volta à natação depois de um longo período sem praticar o esporte, mas dá para minimizar os efeitos negativos desse tempo afastado da piscina. A gente te dá algumas dicas!

1. Pegue leve

Como você vai voltar atrasado e perder os treinos de base, em que as capacidades físicas vão voltando ao normal, as sessões de treinamento vão estar pesadas para você. Por isso, não dá para já sair tentando fazer o mesmo esforço que todo mundo que já está nadando desde o início.

Um estudo do Comitê Olímpico Internacional (que você pode ler em inglês clicando aqui) mostra que, quando a sobrecarga — seja o volume ou a intensidade do treino — é aumentada de forma brusca de uma semana para a outra, há mais risco de lesão ou de infecções no trato respiratório, como dores de garganta ou coriza.

2. Converse com seu técnico

Bater um papo com seu treinador vai te ajudar a ajustar sua volta aos treinos. Explique há quanto tempo está parado e como está se sentindo em relação aos exercícios físicos para que ele possa te orientar a cada série.

3. Não tente correr atrás do prejuízo

Muitas vezes, pensamos que tentar emagrecer ou recuperar a capacidade física com outros exercícios pode ajudar, mas esse não é o caso. Seu corpo já estará sofrendo um tipo de sobrecarga ao voltar para a piscina, então não faça nada que não estiver acostumado. Se você não estiver habituado, nada de correr ou pedalar, por exemplo.

4. Cuide bem do seu corpo

Também por causa da sobrecarga que o corpo estará submetido, é preciso cuidar bem dele. E isso significa alimentar-se bem e ter um descanso apropriado para alguém que está voltando a praticar exercícios físicos agora.

5. Paciência

Infelizmente, não tem nada que possamos fazer para voltar logo ao que éramos quando estávamos bem treinados. Então, é preciso ter um pouco de paciência. No começo vai ser cansativo, até um pouco dolorido, e os tempos que você estava acostumado a fazer não vão sair logo no começo. Mas, mantendo calma, é possível minimizar o desconforto e voltar à boa forma!

E aí, tem mais alguma dica para voltar a treinar com tranquilidade? Conte pra gente nos comentários!

Leia também:  Posso nadar com lentes de contato?