Quantas vezes você já escutou que para ter uma braçada eficiente a primeira coisa a se fazer é executar a braçada com os dedos fechados?

Quando nadamos, temos que pensar que nossas mãos são como um palmar: quanto mais sua mão reter água durante a braçada, maior será à força de tração na água. É claro que o seu nado não depende apenas das suas mãos, mas elas têm uma importante função na eficiência da braçada.

Agora, com o objetivo de te ajudar a entender como a posição da sua mão pode ser extremamente eficiente na sua braçada, tente seguir os exercícios abaixo. Nade 25 metros trocando os vários exercícios descritos abaixo. Para melhor eficiência desta percepção, conte as braçadas a cada troca de execução.

#1 -25 metros com as mãos fechadas

#2 -25 metros com as mãos abertas

#3 -25 metros com as mãos fechadas

#4 -25 metros deixando as mãos levemente abertas e com o punho ‘amolecido’

Acabado o exercício, faça a reflexão: em qual 25m você deu menos braçadas? Se as execuções foram feitas corretamente, na terceira atividade é que você deveria ter dado menos braçadas para completar a piscina. Isto por que sua mão consegue reter mais água durante o movimento da braçada.

Para melhorar a posição dos seus dedos durante a fase submersa da braçada, tente estes dois materiais:

Palmar para os dedos: este é um ótimo acessório para diminuir a carga dos seus ombros, permitindo que o atleta se concentre em todas as fases da braçada.

Snorkel: com o seu corpo na posição horizontal e o seus braços estendidos na frente da sua cabeça, você deve simular a fase subaquática da braçada com as mãos fechadas. Use um flutuador para melhorar se concentrar.

Bom treino!

Fonte: Arena Water Instinct