O nado de costas é diferente de todos os outros estilos: é o único que você nada em uma posição invertida e envolve principalmente os músculos das costas, e não o do peito, como nos outros estilos.  Portanto, não é de surpreender que a saída também seja diferente. Então vamos aprendê-la na teoria:

dissertation methodology ghostwriters website online levitra gilbertsville molekl einsatz viagra ausgeschttet essay on old age home in malayalam https://idahohighcountry.org/college/essay-summary-example/30/ professional blog post proofreading services for school comparative essay great in religion ten theology viagra for womens where to buy in india master thesis discussion length essay on terrorism in yemen http://visablepeople.com/book-review-essay-example-4901/ my mother essay in hindi free viagra uk shops https://pharmacy.chsu.edu/pages/start-an-essay/45/ essay on digital india week source site cialis nedir fiyat big dig thesis https://homemods.org/usc/online-essay-writing-help/46/ popular phd essay ghostwriters websites for mba billig viagra p ntet argumentative essay writing help click here danger forum funny image static viagra best natural viagra supplement https://ramapoforchildren.org/youth/role-of-friends-in-our-life-essay/47/ https://www.arohaphilanthropies.org/heal/viagra-stronger/96/ https://norfolkspca.com/medservice/does-viagra-effects-the-brain/14/ click art teacher resume cover letters go here https://people.sfs.uwm.edu/blog/essay-on-earth-in-hindi/21/ Posição inicial

Você deve começar a encarar a parede com as costas voltadas para a piscina. Quando você ouvir o comando da saída, você:

– Segura firmemente a barra abaixo do bloco de partida;

– Colocar os pés abaixo ou acima do nível da água, contra a parede, mais ou menos na largura dos ombros;

– Preparar para dar o impulso, puxando-se suavemente em direção ao bloco de partida até que suas nádegas alcancem a linha d’ água;

– Relaxar o pescoço e abaixar a cabeça na direção dos joelhos.

Movimento da saída

Quando você ouve o comando de partida, seus braços balançam para os lados, no formato de um arco semicircular baixo. Os seus joelhos se estendem e suas pernas empurram na direção oposta, de modo que seu corpo saia completamente da água enquanto  você joga a cabeça para trás.

Quando você entrar na água, suas mãos devem estar unidas, uma acima da outra, por cima da sua cabeça. Elas são as primeiras a tocar na água.

Uma vez que você tenha entrado na água, explore a fase subaquática – com perna de crawl ou borboleta, na posição do nado, até atingir o limite de 15 metros.

Lembre-se de que ‘a prática é a melhor professora’. Mas não se preocupe! Todo mundo escorrega de vez em quando!

Veja um vídeo para melhorar ilustrar:

Texto original: Arena Water Instinct