É comum observamos em competições internacionais alguns dos melhores nadadores do mundo com fones de ouvindo que isolam o som externo para escutar música segundos antes de subir no bloco de partida. Curioso, né? Mas tem um motivo! Então, por que será que Michael Phelps, Chad Le Clos e Katinka Hosszú usufruem dessa técnica para melhorem o seu desempenho na piscina?

Antes de começar, vamos pensar em como nos sentimos quando ouvimos música: os sons e as palavras evocam memórias e sentimentos agradáveis, mas também nos ajudam a relaxar ou nos energizar. E adivinha só! Todos esses benefícios podem ser extremamente úteis quando se trata de resultados no esporte.

Algumas pesquisas relacionadas ao tema já apontaram as habilidades mentais e as construções psicológicas que a música traz ao corpo humano, mas especificamente aos atletas. Então, vamos a elas:

#1 – A capacidade de focar

A música pode ajudar no foco, ajudando o cérebro a se concentrar em pensamentos positivos ou estímulos importantes necessários para realizar uma atividade. Mas isso não é tudo! A sua banda favorita também pode ser revigorante e trazer euforia, o que, até certo ponto, pode ter um impacto positivo no desempenho.

#2- Controle do nível de estímulo

Seguir o ritmo da música que estamos ouvindo nos ajuda a regular o nosso nível de estímulo, conforme o necessário. Por exemplo, um atleta que precisa relaxar uma noite anterior a uma importante competição: do ponto de vista fisiológico, ouvir um som relaxante o ajuda a acalmá-lo e ter uma boa noite de sono. Já no dia da competição, uma música com uma batida agitada o ajudará a motivá-lo e a cumprir com o seu objetivo.

#3 – Sincronização

Você certamente deve ter notado que o ritmo da música ajuda a sincronizar alguns exercícios. Como benefício, as atividades que exigem movimentos repetitivos, se feitas com música, tendem a deixar o atleta menos cansado com a sincronização entre o ritmo da música e a execução do movimento.

#4 – Incentivo  

Um bom som também torna o esporte mais agradável e, por isso, incentiva os nadadores e os atletas a treinar mais.

#5 – Preparação mental  

Criar uma lista de reprodução para várias situações diferentes pode uma das muitas estratégias para ajudar um atleta a melhorar a sua preparação mental para eventos esportivos ou sessões de treinamentos intensas.

E aí, gostou do artigo? Compartilhe a sua playlist favorita.