Qualquer pessoa que prática uma atividade física de intensidade aeróbica já sentiu aquela incomoda dor muscular pós treino. Seja pelo acúmulo de ácido lático, ou microlesões nas fibras musculares, o ideal seria que qualquer pessoa não sentisse os efeitos de um treino forte ou de uma competição. Como isto é praticamente impossível, no texto de hoje o #RaiaOito sugere alguns procedimentos para minimizar estes efeitos.

#1 – Massagem

Uma boa massagem ajuda em uma recuperação mais rápida da musculatura e promove o relaxamento e bem-estar. Especialistas também sugerem que o procedimento intensifica a ativação muscular e a circulação sanguínea.

#2 – Gelo

Colocar gelo sobre membros com lesões, ou  emergir em um balde de água gelada, depois de um exercício extenuante, é uma técnica bastante utilizada para recuperação muscular.

#3  – Soltura

A popular “soltura” pode ser utilizada logo após um treino intenso, ou uma sessão toda voltada para a recuperação. Nada mais é do que um exercício aeróbio de baixa intensidade com intuito de remover o ácido lático acumulado na musculatura, por exemplo.

Existem outros inúmeros métodos de recuperação muscular no exercício, mas algumas vezes o custo é elevado e são procedimentos que surtem resultados a longo prazo. Qual destes procedimentos você considera o mais eficaz? Conta para a gente!