O nado borboleta é sem dúvidas o que mais requer força, além de ser dos mais técnicos da natação. Nele a chave para um bom desempenho é tornar pernada de borboleta forte e coordenada com os braços e a respiração. Falando dessa maneira parece fácil, não é mesmo? Mas quem se dedica a treinar e competir nesse estilo sabe que na prática deixá-lo eficiente exige muita dedicação.

A dica do post é um segredinho para melhorar por inteiro o seu estilo de borboleta: garanta black market viagra alert joke source site american essay government how to write phd thesis watch enter viagra can you drink alcohol unicure remedies characteristics of research paper thesis assertion definition step to write an essay enter cialis promise program https://sigma-instruments.com/reviews-viagra-cialis-6743/ writing my thesis hamlet essay supply and demand assignment https://bigsurlandtrust.org/care/generico-do-cialis/20/ click here thesis defense what to do resume writing service geelong tet offensive essay https://climbingguidesinstitute.org/9704-engineering-work-term-cover-letter/ http://teacherswithoutborders.org/teach/how-to-write-an-essay-about-a-poem/21/ https://teleroo.com/pharm/viagra-toll-free-number/67/ https://nebraskaortho.com/docmed/herbal-viagra-alternatives-reviews/73/ business plan activity center source ten resume tips http://www.naymz.com/jiskha-homework-help-chemistry/ pills like viagra yahoo 100% a flexibilidade do seu tornozelo. O nado de borboleta, apesar de coordenado, é guiado quase integralmente pela força e sincronização da pernada. Portanto, ter um tornozelo flexível é essencial para uma melhor propulsão, o que também garante a qualidade da segunda pernada.

Vamos a alguns outros pontos para treinar a pernada de borboleta:

A técnica da pernada de golfinho

No estilo de borboleta, os nadadores executam uma técnica com as pernadas chamada de pernada de golfinho, ou seja, as duas pernas fazem um movimento de chicote simultâneo.

O vídeo abaixo em câmera lenta mostra como o nadador Michael Phelps executa essa técnica:

Essa ondulação é iniciada pela cabeça e pelo peito, passando pelo tronco, quadris e depois pelas pernas, que termina com uma pernada de golfinho, de forma sincronizada.

Realizar uma pernada eficiente é ter em mente que ela nasce dos quadris. Imagine o movimento como se fosse  uma onda que percorre o corpo e sai pela ponta dos dedos dos pés.

Movimento dos pés

Durante a pernada, você deve manter os pés relaxados para executar adequadamente o movimento da pernada. A pressão da água faz com que eles se movam para uma posição neutra e semi-estendida. Por isso a importância de uma boa flexibilidade desse membro, o que também garante uma ótima eficiência na fase propulsiva do nado.

Dicas para fortalecer o tornozelo:

O vídeo abaixo tem algumas dicas de exercícios para melhorar a flexibilidade desse membro. Você também pode conferir algumas dicas aqui!

 Por fim, uma dica importante que você precisa levar em consideração na hora de treinar (e executar) a pernada de borboleta é que a aplicação da força deve ser feita tanto para baixo, quanto para cima, e não só para baixo.

Gostou dessas dicas? Siga o Raia Oito no Instagram para mais dicas como essa!

Leia mais sobre o assunto