Antigamente online meds rx prednisone https://projectathena.org/grandmedicine/como-fazer-um-viagra-caseiro/11/ prix levitra belgique https://efm.sewanee.edu/faq/do-you-double-space-a-college-application-essay/22/ essay things fall apart tragic hero go here source site lnder med receptfri viagra online antibiotic for bad breath problems with taking viagra levitra belle valley follow url go to link https://homemods.org/usc/essay-on-school-uniforms/46/ see url https://thejeffreyfoundation.org/newsletter/grading-essay-rubric/17/ https://zacharyelementary.org/presentation/senior-year-coursework/30/ essay jeanette winterson list of good topics for an essay click linen writing paper extended case study methodology https://beaschoolnurse.com/doctor/lorenin-efeitos-colaterais-do-viagra/31/ follow url essay on the whale rider university of michigan phd thesis sildenafil citrate oral jelly side effects race and ethnic relations essay topics creative writing qut https://abt.edu/bestsellers/es-legal-comprar-viagra-online/22/ https://chfn.org/fastered/cialis-anbefalet-dosis/36/ toefl sample writing essays o treino de perna não era tão valorizado, apesar dos membros inferiores terem os maiores músculos do corpo humano. Com o passar dos anos, esse pensamento foi mudando e hoje, sabe-se que é muito importante ter uma pernada forte e efetiva.

Garota fazendo a perna de peito submersa. O treino de perna é fundamental visto que a maior propulsão do nado é feita durante a pernada.

Quem acompanhou a prova masculina de maratonas aquáticas nos Jogos Olímpicos do Rio de 2016, viu o quanto a pernada é elemento fundamental durante toda a prova e, principalmente, no sprint final.

Nas provas de fundo – como os 800 metros e 1500 metros – nas piscinas, também houve uma evolução visível.

Treino de perna: quanto deve representar no programa de treinamento?

Hoje em dia, uma porcentagem maior do treinamento é dedicado para as pernas, desde trabalhos aeróbicos, de força e velocidade.

Na parte fora d’água, o treino de perna também ganharam um destaque na musculação, trabalho de LPO e funcional.

Existe uma técnica ideal de pernada?

Sim. Para que a sua pernada seja eficiente, você deve evitar o maior atrito durante o nado, obtendo um bom alinhamento. Isso permitira uma maior propulsão, além de melhorar o deslize.

| + Veja como ter uma pernada eficaz na natação e nade ainda mais rápido

Antes de treinar a intensidade e a força da pernada, é preciso primeiro aprimorar a parte técnica, o que pode ser feito por meio de educativos específicos para cada nado.

Técnica de perna do nado crawl, borboleta e costas

Nos nados crawl, borboleta e costas, os joelhos não devem flexionar muito, permanecendo próximos um ao outro. Os tornozelos, por sua vez, ficam “soltos”. O movimento da perna abaixo dos joelhos assemelha-se a uma “chicotada”.

Técnica de perna do nado peito

Já no nado peito, o treino de perna sempre teve um destaque, já que a maior propulsão do nado é feita durante a pernada. Neste estilo, a pernada é executada quase que simultaneamente com a braçada, e os joelhos ficam “apontados” (virados) para o chão, sem se afastarem muito um do outro.

A importância do treino de pernas no nado submerso

Técnicos do mundo inteiro citam o submerso como o quinto nado porque consideram o trabalho de pernas na saída do bloco e nas viradas essencial para a melhora da performance dos nadadores.

Muitos atletas acham que treinar pernas é maçante e, de fato, pode ser entediante e cansativo. Entretanto, nadadores de ponta estão mudando essa mentalidade e se adaptando, já que se conscientizaram da importância de ter uma pernada forte.

Que tal entrar nessa onda e pegar firme nos treinos de perna?